Terça, 25 de Janeiro de 2022
30°

Nuvens esparsas

Salvador - BA

Camaçari Camaçari

Descarte irregular de resíduos provocam alagamentos

A Secretaria dos Serviços Públicos (Sesp) esclarece sobre os tipos de resíduos e forma correta do descarte.

26/11/2021 às 16h12
Por: Redação Fonte: Ascom PMC
Compartilhe:
Foto: Josué Silva
Foto: Josué Silva

O descarte irregular de lixo e entulho tem sido um grande problema no município, principalmente neste período chuvoso, já que acabam dificultando o escoamento da água e provocam pontos de alagamentos no município. Nas ações da Operação Chuva, a Defesa Civil tem encontrado materiais, como sofás e colchões nas margens do Rio Camaçari, e pede a colaboração da população, porque esta atitude afeta o trabalho preventivo realizado pela Prefeitura.

Desta forma, a Secretaria dos Serviços Públicos (Sesp) esclarece sobre os tipos de resíduos e forma correta do descarte. O lixo domiciliar é todo resíduo gerado pelos habitantes das residências, que podem ser materiais orgânicos, como restos de alimentos, madeira, dejetos humanos; ou inorgânicos, que são as embalagens, os vidros, os papéis. Já o entulho e outros resíduos são, por exemplo, sobra de construção, reforma e demolição; restos de poda e roçagem; móveis e equipamentos domésticos (sofás, cadeiras, geladeiras, armários, camas).

Para descarte, o lixo domiciliar deve ser armazenado em sacos plásticos amarrados para evitar que o conteúdo fique exposto ao ambiente e proteger da ação de animais. O cidadão deve colocar o lixo em frente à sua residência, e caso o caminhão de coleta não tenha acesso à rua, é importante que localize o ponto mais próximo e adequado.

Os caminhões de coleta têm horário para realizar a retirada do lixo, na sede é a partir das 18h e na costa, a partir das 7h. A indicação da Sesp é de que não coloque o lixo antes ou muito depois desses horários, pois o material não coletado passará um tempo maior exposto ao ambiente, deixando a rua suja e sujeito às ações de animais.

Os pequenos entulhos e outros resíduos, como sobra de construção, poda, cama, sofá, geladeira, fogão e outros resíduos, podem ser descartados nos Pontos de Entrega Voluntária (PEVs). Neste caso, o volume adequado para descarte desses materiais é de até 2m³ por dia, que equivale a dez carrinhos de mão convencionais de obra, já os de grandes volumes deverão ser negociados com a Limpeza Pública de Camaçari (Limpec).

Os PEVs estão localizados: no Burissatuba, na rua Nova da Palha; no Mangueiral, na avenida Rio Bandeira; no Phoc III, na avenida Luiz Gonzaga; no Verdes Horizontes, no loteamento Verde Horizonte (linha do trem); no Dois de Julho, na rua Pascoal; no Nova Vitória, na rua Padre Paulo Maria Tonucci; na avenida Industrial Urbana; além do da Gleba C, que será reaberto e fica na rua Corpo Santo. A prefeitura está em estudo ainda da instalação das unidades em diversas localidades da costa.

Com intuito de evitar que ocorram esses transtornos causados pelos transbordamentos, a Secretaria da Infraestrutura (Seinfra) tem atuado com uma série de ações preventivas. Dentre elas, podemos destacar a limpeza de canais na sede e costa, que é feita periodicamente com o desassoreamento do canal, que consiste na limpeza e remoção de areia, vegetação, materiais acumulados no leito dos rios e córregos. Para esse trabalho, as equipes contam com o suporte de maquinários, a exemplo da retroescavadeira, além de intervenções manuais.

Outra medida colaborativa é a limpeza de fossas sépticas em residências de pessoas em situação de vulnerabilidade social, com a sucção dos resíduos com a finalidade de efetuar o descarte correto dos efluentes domésticos. Também são realizadas pela pasta, manutenções preventivas e corretivas do sistema de microdrenagem, a fim de garantir melhores condições operacionais da rede e escoamento das águas pluviais, com a troca de tubulações, recuperação da rede por conta da fuga de material, limpeza de caixa, instalação de grelhas, assentamento e substituição de tampas, dentre outras benfeitorias.

Em paralelo a essas atividades, ainda ocorrem obras de macrodrenagem em diversos pontos da cidade, com a proposta de proporcionar mais qualidade de vida aos munícipes. Somente neste ano, a população que reside em localidades como Jauá, Catu de Abrantes, Vila de Abrantes, Parque Real Serra Verde, Parque Verde I e Jardim Limoeiro foram contempladas com os serviços. Há ainda, investimentos direcionados às obras de contenção de encostas, que tem a função de proteger e evitar desmoronamentos ou deslizamentos.

Em caso de esclarecimento de dúvidas ou solicitar a realização dos serviços, a secretaria disponibiliza os seguintes canais de comunicação: os telefones (71) 3644-9706, 3644-9709 e 3644-9730 ou o e-mail: [email protected] O atendimento presencial aos munícipes e visitantes acontecem de segunda a sexta-feira, no período de 8h às 17h.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.