Terça, 24 de Maio de 2022
26°

Pancada de chuva

Salvador - BA

Camaçari Camaçari

Em ato solene prefeito sanciona lei que doa terrenos à UFBA

Com um total de mais de 147 mil metros quadrados (m²), as duas áreas estão localizadas no Loteamento Parque Nascente do Rio Capivara.

11/01/2022 às 15h52
Por: Redação Fonte: Ascom PMC
Compartilhe:
Foto: Jean Victor
Foto: Jean Victor

A população do município já pode comemorar mais um passo dado pela Prefeitura de Camaçari no sentido de trazer o campus definitivo da Universidade Federal da Bahia (UFBA) para a cidade. É que o prefeito Elinaldo Araújo sancionou, na manhã desta terça-feira (11/1), em cerimônia simbólica realizada no auditório da Secretaria de Governo (Segov), a Lei número 1.709/2022, que prevê a doação de dois terrenos no bairro Jardim Limoeiro para implantação da instituição.

Com um total de mais de 147 mil metros quadrados (m²), as duas áreas estão localizadas no Loteamento Parque Nascente do Rio Capivara. Após a assinatura da lei, o prefeito Elinaldo fez a entrega do documento ao reitor da UFBA, João Carlos Salles. O gestor municipal destacou a negociação para ampliação provisória de oferta da instituição. "O nosso sonho é que a UFBA tenha aqui a sua sede própria e que aqui seja de maneira definitiva um vetor universitário, que a Região Metropolitana seja forte a partir de Camaçari", ele aproveitou para parabenizar a Câmara Municipal por entender a importância na aprovação e pediu a ajuda do deputado federal Paulo Azi para viabilizar o início da obra.

O reitor da UFBA, João Carlos Salles, reforçou a importância do momento e destacou que o prefeito Elinaldo vai ser lembrado por mais esse gesto e falou diretamente ao gestor. "Prefeito, você está trazendo com atos efetivos, a possibilidade que a Universidade Federal da Bahia prospere nesta cidade". Ele ainda apontou a necessidade de defender a educação em gestos concretos. "Nós temos aqui o orgulho de sermos essa célula inicial de um projeto de Universidade, que é o lugar especial de produção de conhecimento, de formação de pessoas e formação de cidadania", finalizou.

As portas abertas da UFBA na perspectiva de trazer o campus para Camaçari, foi lembrada pelo deputado federal, Paulo Azi, que em tempo se colocou à disposição para ajudar no que for necessário. "Pode contar com a nossa participação e presença em Brasília junto ao Governo Federal, para buscar os recursos e termos a alegria de um dia voltar aqui, estarmos juntos, entregando à Camaçari o seu campus, com sua sede própria, propiciando que os jovens, filho dessa terra, possam aqui ter educação de qualidade, pública, gratuita", concluiu.

A diretora do Instituto de Ciência, Tecnologia e Inovação (ICTI), campus de Camaçari, Maiana Matos, falou do momento festivo para o município. "A gente tem muito que comemorar e celebrar o dia de hoje, porque de fato é um marco para a cidade e para a universidade, isso vai possibilitar a ampliação de oferta de vagas. Então, sem dúvida, vai contribuir para o desenvolvimento da cidade e diminuir a desigualdade", afirmou.

A doação à instituição de ensino superior é para construir, implantar e manter um campus universitário em caráter definitivo no município, com a oferta de cursos de Bacharelado Interdisciplinar (BI). O objetivo da Prefeitura de Camaçari ao doar os terrenos é viabilizar a instalação, bem como fomentar a educação no município, que passará a ofertar diversos cursos de graduação, o que é de interesse público e social para a cidade.

Os dois terrenos correspondem a uma área de 84.840,40 m² e outra de 62.370,66 m². Os espaços irão abrigar o ICTI, embrião do campus de Camaçari, que iniciou suas atividades em setembro de 2018.

Participaram ainda da cerimônia o vice-prefeito, José Tude, a secretária de Educação, Neurilene Martins, o pró-reitor de Ensino e Graduação da UFBA, Penildon Silva Filho, e o vice-presidente da Câmara de Vereadores, Dilson Magalhães Jr. Estavam presentes a primeira-dama, Ivana Paula, autoridades do executivo e legislativo e representantes da sociedade civil.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários