Terça, 24 de Maio de 2022
27°

Nuvens esparsas

Salvador - BA

Saúde Bahia

Vacinação nesta sexta-feira será para crianças de 9 a 11 anos e 5 a 11 com comorbidades ou deficiência permanente

A vacinação do público infantil contra a Covid-19 começou no município na última terça-feira (19) e em dois dias de vacinação apenas 977 crianças f...

20/01/2022 às 19h50
Por: Redação Fonte: Prefeitura Mun. Vitória da Conquista - BA
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Prefeitura Mun. Vitória da Conquista - BA
Foto: Reprodução/Prefeitura Mun. Vitória da Conquista - BA

A vacinação do público infantil contra a Covid-19 começou no município na última terça-feira (19) e em dois dias de vacinação apenas 977 crianças foram vacinadas com a 1ª dose. Com a baixa adesão, nesta sexta-feira (21) a Secretaria Municipal de Saúde reduz a faixa etária para contemplar as crianças de 9 a 11 anos sem comorbidades, além daquelas com idade entre 5 e 11 anos que possuem alguma comorbidades ou deficiência permanente.

A vacinação ocorre em sete unidades básicas de saúde e os pais ou responsáveis devem levar as crianças para serem vacinadas. Nas unidades Dr. Admário Silva Santos (Bairro Brasil), Dr. João Melo Filho (Bairro Ibirapuera), Dr. Hugo de Castro Lima (Bairro Guarani), CAE II (Bairro São Vicente), Panorama e Vila América. Na unidade Régis Pacheco (Centro), a vacinação ocorre em horário estendido, de 8h às 12h e de 14h às 19h.

A vacinação nessas unidades é exclusivamente para as crianças seguindo a orientação do Ministério da Saúde, para evitar erros de imunização. A vacina contra a Covid-19 também não será administrada juntamente com outras vacinas do calendário infantil, pois é necessário aguardar um intervalo de precaução de 15 dias.

No momento da vacinação, os pais ou responsáveis devem acompanhar as crianças, apresentando o documento de identificação dos pais e da criança (CPF, RG ou cartão SUS), cartão de vacina e comprovante de residência de Vitória da Conquista. Para crianças com comorbidades ou deficiência permanente, é preciso apresentar também relatório médico que comprove a condição de saúde.

Caso o pai ou mãe não possa acompanhar o filho (a) na vacinação, eles poderão autorizar um responsável maior de 18 anos, mediante apresentação do formulário de autorização de vacinação da criança assinado, que deve ser impresso antecipadamente ou escrito à mão ( modelo disponível aqui ).

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários