Terça, 24 de Maio de 2022
27°

Pancada de chuva

Salvador - BA

Saúde Colunista

Armadilhas que travam nossa vida

Vivemos em busca da felicidade, mas não nos atentamos às armadilhas que nos travam.

12/05/2022 às 22h01 Atualizada em 12/05/2022 às 22h11
Por: Redação Fonte: Rosana Medina - Colunista
Compartilhe:
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Quais armadilhas andam travando sua vida?

Como andam seus propósitos de vida?

Sua convivência com as pessoas?

Tem conseguido se movimentar para o que almeja?

Vivemos em busca da felicidade, mas não nos atentamos às armadilhas que nos travam. A grande maioria das pessoas acredita que para ser feliz é necessário ter bens materiais ou ter determinada pessoa e com isso condiciona a felicidade. No entanto, existe um termo denominado felicidade incondicional, que não depende de possuir nada ou ninguém. É a que está dentro de nós, e é uma questão e escolha nossa acessá-la.

Em nosso íntimo, sentimos sempre esta dualidade: faço ou não faço, devo ou não devo, posso ou não posso… No começo do ano fazemos nossos bons planos, que geralmente ou são esquecidos ou são apenas postos parcialmente em prática – e depois temos uma sensação de culpa, de estar em dívida para conosco e com outras pessoas.

Todos estamos, a cada momento e a cada ação, buscando ser felizes e fazer o melhor possível. O que nos desvia disso? 

O que nos dá frequentemente a sensação de fracasso, seja nas relações familiares, nos negócios, na carreira ou nos padrões financeiros?

É preciso ampliar nossa visão de mundo, entender que existe vida além da que vivemos!

Soltar o passado, pois não é para lá que estamos indo!

Dialogar com o medo do futuro, viver melhor o presente!

Buscar a auto confiança,

Inserir posturas generosas, olhar para o outro com empatia!

Parar de de sermos governados pelos outros, pelas opiniões e crenças dos outros, deixando-se influenciar,

Viver na insatisfação, na vitimização, é péssimo! 

Que possamos olhar para essas “travas”, avaliando melhor nossos padrões de vida, afinal:  “A vida deve ser aproveitada ao máximo”.

 “É necessário abrir os olhos e perceber as coisas boas dentro de nós, onde os sentimentos não precisam de motivos, nem os desejos de razão. O importante é aproveitar o momento e aprender sua duração, pois a vida está nos olhos de quem sabe ver.”

Gabriel Garcia Marques

Forte abraço,

Rosana Medina

Neuroeducadora e terapeuta sistêmica

Fone: 71. 99263-9252

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Rosana Medina
Rosana Medina
Sobre Pedagoga, neuroeducadora, criou o método Medina de ensino, que visa mapear e entender do modo como pensamos e sentimos as experiências. Implantou no colégio da polícia militar da Bahia, trabalha com diagnósticos de aprendizagens, desenvolvimento pessoal e profissional.
Salvador - BA Atualizado às 18h34 - Fonte: ClimaTempo
27°
Pancada de chuva

Mín. 22° Máx. 28°

Qua 29°C 24°C
Qui 28°C 24°C
Sex 29°C 23°C
Sáb 27°C 23°C
Dom 28°C 22°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes