26°

Tempo nublado

Salvador, BA

Geral Artigo

EXAGERAR NA DIETA E NO ESFORÇO FÍSICO É SUICÍDIO

Exercício físico, uma das propriedades para uma saúde de excelência

13/05/2024 às 21h37 Atualizada em 13/05/2024 às 21h51
Por: Redação I Fonte: Iderval Reginaldo Tenório
Compartilhe:
EXAGERAR NA DIETA E NO ESFORÇO FÍSICO É SUICÍDIO

A prática do exercicio físico é uma das propriedades para manter-se saudável em todas as idades. Associado a bons hábitos alimentares, hidratação, cabeça desprovidas de preocupações com pequenos problemas e boas noites de sono vaticinam para uma longa e proveitosa vida.

A prática do esporte,  de qualquer variedade, necessita de uma avaliação médica criteriosa. Além do cardiologista, deve ser avaliado por um ortopedista, nutrologista, solicitar o apoio da nutrição e dos profissionais da educação física.

As roupas e os calçados   têm que ser adequados, a deambulação com equilibrio, olhos, nariz  e ouvidos atentos. Cuidado com os declives do solo, bolidos de motores, cheiros inadequados,  a aproximação de cães e cidadãos desconhecidos. O indicado é a prática do exercício no seu reduto. Preferir  clima saudável, um bosque bem arborizado, uma praia  e bem documentado.  O sedenterismo é o outro lado da moeda.

Existem controvérsias nas orientações, notadamente  com  os fisiculturistas, nutricionistas, os profissionais da educação física  e muitos médicos.Todos falam as mesmas coisas e  trazem preocupações para os que estão acima do peso, como se já estivessem condenados ao fracasso na vida e fossem culpados pelos quilos a mais.   
Ao assunto, o que diz a ciência
1-Enquanto mais o homem come,  menos tempo de vida ele terá. O homem só deve comer o necessário, salvo na fase de crescimento ou na recuperação do peso pós uma catástrofe na saúde, depois apenas para repor as energias. 
O ato de comer em demasia, principalmente desregulado nos nutrientes,  é adoeçador, envelhecedor, desmemorizador e multiplicador da  massa corpórea, danificando tôda a  estrutura esquelética, isto é,  o arcabouço ósseo planejado para determinado peso.
2-Enquanto mais esforço físico se pratica, mais danifica o organismo, principalmente as amarras como  os músculos, os ligamentos, os discos entre as vértebras e as cartilagens das articulações.
Praticar esporte não é levar à exaustão o seu organismo, esta prática causa hipertrofia de todos os músculos, principalmenete do  cardíaco e exige mais oxigênio.  Requer bons pulmões e vasos sadios, notadamente as coronárias, que alimentam o coração e as carótidas que enviam o sangue para o cérebro. Correr demais exige mais força de toda a sua   estrutura. Exagerar  no levantamento de peso danifica os seus músculos, os ossos e as juntas,  principalmente se o individuo for um sedentário ou   pratica  esporte  só nos fins de semana. Ao extrapolar  os 65 anos, o cuidado tem que ser maior. Cuidado com o calcanho, o joelho e as artculações coxo-femurais, aquelas que sustentam o seu corpo- Femur e iliaco( a  Bacia). Não danifique as suas estruturas, valorize o seu corpo. As articulações merecem respeito, o valor de cada uma é incomensurável, aquele que sabe o valor de um pé não negligencia. Jamais queira ser o rei das academias.
3-Praticar esforço físico, que muitos confundem com esporte, principalmente para os acima de 50 e os sedentários, é forçar a bomba cardíaca e correr o risco de enfarte fulminante.
Solicite orientação do seu médico, do profissional de educação física e de nutrição
Comer demais, principalmente alimentos que necessitem de muito suco gástrico, de muito suco pancreático, de suco entérico e suco biliar  é caminhar para perda da saúde.  Consulte o cardiologista, o nutrólogo ou nutricionista e o profissional da educação física.
5-Para quem é gordo por natureza  e não é obeso, qualquer método mágico para perder muito peso é suicídio. Os que tem sorte, ao suspender a dieta voltam ao peso normal, os que não têm sorte ganham mais e  ficam com algumas deficiências, inclusive   mental.
Gordo não é doente, doente é o obeso mórbido. Observar bem o indice de massa corpórea(IMC) e conhecer o seu é primordial. 
IMC entre 18,5  e 24,9 kg/m2 é normal
IMC entre 25,0 e 29,9 Kg/m2: sobrepeso;
IMC entre 30,0 e 34,9 Kg/m2: obesidade grau I;
IMC entre 35,0 e 39,9 Kg/m2: obesidade grau II; 
IMC maior do que 40,0 Kg/m2: obesidade grau III. 
A obesidade é caracterizada pelo acúmulo/excesso de gordura corporal e é considerada uma doença crônica. Uma pessoa adulta é diagnosticada com obesidade quando seu Índice de Massa Corpórea (IMC) está acima de 30 Kg/m².
Este parâmetro é usado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e deriva do cálculo com base na divisão do peso da pessoa em Kg pela sua altura em metros elevado ao quadrado. 
De acordo com as normas da OMS, o resultado desse cálculo entre 18,5 e 24,9 Kg/m² é considerado como peso normal, entre 25 e 29,9 Kg/m² é considerado como sobrepeso e acima desses valores, considera-se obesidade.
Como se calcula:  
Exemplo   : Seu Antonio tem uma altura de 1,70 metro e pesa 100 quilogramas .
Fórmula:  100kg dividido por 1,7 ao quadrado. 
Então ficará 100 dividido por 1,7 X1,7
100 kg dividido por 2,89m2.      Equivale a 34,6Kg/m2 . 
Seu Antonio encontra-se com obesidade grau I. 
Percentual de gordura no corpo humano de uma adulto. À proporção que envelhecemos cai o percentual de proteinas(músculos) e sobe o de gorduras(lipídios). Aqueles que não se alementam de proteínas podem ser agraciados com a diminuição da massa muscular, A SARCOPENIA, e perdem  a força, o equilíbrio  e caem com facilidade, motivo de fraturas do cólo do femur nos idosos.  
_Corpo sem definição muscular: de 31% a 40% de gordura corporal;

– Corpo com leve definição muscular: de 26% a 30% de gordura corporal;

– Corpo equilibrado, com músculos aparentes e também com gordura: de 16% a 20% de gordura corporal;

– Músculos aparentes e definidos: aproximadamente 15% de gordura corporal;

– Definição igual de fisiculturistas: de 8% a 12% de gordura.

A falta da gordura leva à queda dos hormônios sexuais, dos lubrificantes articulares, da manta que isola contra o frio e da maciez da pele. Danificam as terminações de neurônios e etc e etc. Muito cuidado com dietas extremas, principalmente as radicais, elas enfeiam e danificam a sua saúde.
Consumir proteínas e aminoácidos essenciais, aqueles que nós não produzimos, é primordial para a saúde do homem. 
VIGILÂNCIA TOTAL SOBRE O USO DE ANABLIZANTES E DA TESTOSTERONA.
Não escutem curiosos e nem acreditem em dietas milagrosas. Apenas os médicos, os nutricionistas e os profissionais da educação podem orientar o ser humano, porém nas prescrições, notadamente hormônios, somente e somente os médicos têm esta propriedade, precisamente o endocrinlogista, o cardiologista, o ortopedista e o aquele que pratica a medicina esportiva.
Coma pouco, ande muito, beba água o suficiente, tome um bom sol, abrace muita gente, brinque muito, escute músicas, observe os animais, olhe para as belas paisagens, goste das pessoas, ame os seus pais,  filhos, avós e os verdadeiros amigos. Seja um cidadão alegre e divertido.
 
Viva do seu próprio suor e respeite a natureza.
 
Iderval Reginaldo Tenório
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários